02 janeiro 2008

É tempo de reflectir...



"Tu perguntas e eu não sei,

Eu também não sei o que é o mar.

É talvez uma lágrima caída dos meus olhos
Ao reler uma carta, quando é de noite.
Os teus dentes, talvez os teus dentes,
Miudos, brancos dentes, sejam o mar,
Um mar pequeno e meu,
Afável, Diáfano,
E contudo só música distante"

Eugénio de Andrade in Antologia Breve