26 junho 2010

Cerejas!

Uma das coisas boas da vida é rir sem direcção... Rir!
Abrir os braços e sentir a brisa a passar como se tivéssemos a voar e a sonhar!
É Saborear o sumo suculento de cada fruta madura acabada de colher!
É apenas deixar-se seduzir pelas cerejas, pela Vida!

 E é nesta vida que me seduz a cada instante que eu guardo a saudade e a recordação de momentos importantes que me fizeram crescer! Saudades da infância! De cada dia que nascia para mim... e saudades dos meus brincos de cereja, quando catraia, saltitava por entre o verde dos campos com o cesto de vime à procura do encanto de cada ramo de cereja madura!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Não sei o que supor do teu silêncio. Escreve!(...)"
João de Deus